» Blog


08/05/2020

Como evitar golpes e fraudes na sua empresa As empresas de varejo e serviços, principalmente as micro e pequenas, são frequentemente vítimas de estelionatários. De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)


As empresas de varejo e serviços, principalmente as micro e pequenas, são frequentemente vítimas de estelionatários.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de proteção ao Crédito (SPC Brasil) em 2018, os principais golpes sofridos pelas empresas são: recebimento de cheques falsificados ou roubados (33%), transações feitas com cartões de crédito clonados (25%), compras com utilização de RG, CPF ou CNH de terceiros (10%), uso de documentos falsificados (10%) e compras realizadas mediante cartão de débito clonado (8%).

A maior parte dessas ações criminosas acontecem em períodos de alta movimentação no comércio, como nos feriados. Por isso, é preciso atenção redobrada quando a loja está cheia.

Algumas práticas simples podem ser adotadas para reduzir os riscos de fraude e, consequentemente, evitar uma séria de prejuízos financeiros. Conheça algumas:

- Sempre solicite dois documentos originais (se o documento for furtado, o golpista provavelmente não conseguirá apresentar o segundo comprovante, já que não é o titular.

Avalie se há diferença entre as fotos, a data de nascimento e a assinatura do consumidor nos documentos originais (RG, CPF ou Carteira Nacional de Habilitação).

*Confira o comprovante de residência

Se as informações contidas nos documentos originais não “baterem” com o comprovante de residência, peça que o consumidor apresente um comprovante no seu nome (conta de água, de luz ou de telefone, contracheque de órgão público, extrato do FGTS, carnê do IPTU, entre outros) ou a identidade dos pais/cônjuge, caso more com eles.

 

*Confira as notas de dinheiro

Para identificar a legitimidade de uma cédula, coloque-a contra a luz e observe se na marca d´água  aparecem as figuras dos seus respectivos animais. Vale ressaltar que todas as notas possuem um fio de segurança.

Confira também a textura e a firmeza do papel. As cédulas verdadeiras possuem alto relevo e são mais ásperas que o papel comum.

 

*Consulta SCPC

Não deixe de checar as informações do comprador no SCPC Consultas e Registros. Através da ferramenta é possível averiguar os dados pessoais, alerta de documentos furtados ou roubados, dívidas em aberto, anotações d eoutros empresários, dados impressos no cheque, enfim, informações captadas em todo território nacional que podem resguardar a empresa de um acordo perigoso.

 

Se mesmo após essas medidas, o empresário não se sentir seguro, tente negociar o pagamento à vista.

Toda precaução é importante, já que o dinheiro perdido em golpe dificilmente é recuperado.

 


Veja também:


07/08/2020

» Senac: um presente especial para preparar o seu pai para o mercado de trabalho

04/08/2020

» Mesmo com a pandemia, comércio se prepara para o Dia dos Pais

29/07/2020

» Campanha Vivo & Compro Aqui


Comentários: