» Blog


02/07/2018

Consumo de energia no inverno: consciência e conforto


Com a chegada do inverno e a diminuição das temperaturas os clientes alteram os hábitos de consumo de energia para ter mais conforto e bem-estar. Pensando nisso, a RGE , preparou as principais dicas para usufruir dos eletrodomésticos da melhor forma possível. 

O frio faz com que as pessoas tomem banhos mais quentes e demorados, e outros eletrodomésticos passam a ser utilizados com mais frequência, como secadores de cabelo e secadoras de roupa. Nesse contexto, a tendência é o aumento do consumo de energia, pesando na conta de luz no fim do mês. Assim como o ar condicionado no calor, o chuveiro elétrico é o principal responsável pelos gastos na temporada de frio, tanto de energia quanto de água. Ao utilizá-lo no modo “inverno”, o acréscimo no consumo é de até 30% em relação ao modo “verão”. Somente o chuveiro é responsável por 25% a 35% dos gastos na fatura de energia elétrica nos meses mais frios. 

Segundo o gerente de Eficiência Energética da RGE e RGE Sul, Felipe Zaia, a melhor estratégia para evitar desperdício e possíveis aumentos na fatura é conhecer os aparelhos que causam maior impacto no consumo. “É importante que os consumidores coloquem em prática hábitos mais conscientes no consumo de energia para manter o conforto sem impactar a conta”, afirma o executivo. 

Conheça os 5 maiores vilões da conta de luz nos meses mais frios do ano: 

1)   O chuveiro elétrico no modo “inverno” é um dos aparelhos que causam maior impacto na fatura nesse período. O acréscimo no consumo é de cerca de 30% em relação ao modo “verão”. 

2)   Os dias mais curtos e com menos luz solar fazem com que máquinas de secar roupa sejam acionadas mais vezes e por mais tempo. As secadoras consomem entre 120 a 150 kWh por mês quando utilizadas uma vez por dia. 

3)   Os aquecedores entram em ação para garantir conforto térmico e, muitas vezes ficam ligados por longos períodos. Qualquer equipamento que gera calor precisa de uma potência maior para funcionar. 

4)   O uso exagerado de secadores de cabelo e torneiras elétricas para aquecimento de água impactam na conta de luz. 

5)   Os ferros elétricos podem ser e os maiores vilões da conta nos meses mais gelados. Isso porque esse eletrodoméstico transforma energia em calor. 

Consumo consciente 

Na temporada de frio é difícil não utilizar todos esses aparelhos citados, por isso a RGE e RGE Sul recomendam que o consumidor compense a utilização desses itens adotando hábitos mais sustentáveis e soluções ligadas ao uso de eletrodomésticos. 

“Ao incentivar a mudança de hábito dos consumidores para a utilização consciente de energia estamos colaborando para a preservação de recursos naturais. A busca pela eficiência energética é essencial para obter os melhores resultados ambientais e financeiros, seja no consumo da energia nos equipamentos ou no valor da conta que chega ao fim do mês”, enfatiza Zaia. 

Confira em 12 dicas da RGE e RGE Sul para economizar energia elétrica durante o Inverno: 

1.   Chuveiros

1.    Programe banhos para os inícios ou finais de tarde, quando a temperatura ainda não caiu muito. 

2.    Tome banho mais curtos, além de economizar energia, essa atitude também reduz o consumo de água. 

3.    Mantenha limpos os orifícios da passagem de água do seu chuveiro elétrico. 

4.    Use o chuveiro em conjunto com equipamentos que utilizem energia alternativa para pré-aquecer a água como por exemplo aquecedores solares ou trocadores de calor. 

5.    Modelos de duchas eletrônicas que permitem uma regulagem mais apurada da temperatura, também determinam gastos menores no consumo de energia. 

6.    Instale chuveiros com resistências de menor potência assim há redução do consumo sem que haja perda sensível na qualidade do banho. 

2.   Lavadoras, Secadoras de Roupas e Ferro de Passar

7 . Opte por modelos mais eficientes no momento de adquirir os eletrodomésticos, priorizando os modelos com o selo A do Procel. 

8.    Limpe frequentemente os filtros das lavadoras de roupas. 

9.    Utilize, nas lavadoras de roupas, a medida de sabão indicada pelo fabricante para evitar enxagues repetidos. 

10. Máquinas de lavar e secar devem ser ligadas somente quando houver a quantidade máxima de peças. 

11. Acumule a maior quantidade de roupas para passar de uma só vez e faça isso em um dia da semana. Passe primeiro as peças que necessitam de temperaturas mais baixas. 

12. Evite passar roupa quando diversos aparelhos elétricos estiverem ligados ao mesmo tempo. 

Confira outras dicas da RGE e RGE Sul para economizar energia elétrica adotando hábitos mais sustentáveis e priorizando equipamentos mais eficientes: 

1.   Iluminação 

1.    Substitua as lâmpadas incandescentes por modelos LED. 

2.    Durante o dia dê preferência à iluminação natural. Abra cortinas, janelas e persianas da sua casa e nunca se esqueça de apagar as luzes de ambientes vazios. 

3.    Não pinte o teto e paredes internas de sua residência com cores escuras. Ambientes assim exigem lâmpadas mais fortes que consomem mais energia. 

Geladeira 

4.    Observe a borracha de vedação da sua geladeira periodicamente. A vedação defeituosa provoca grande desperdício de energia; 

5.    Só abra a porta da geladeira quando necessário e evite deixá-la aberta por muito tempo. 

6.    Nunca utilize a parte traseira das geladeiras para secar roupas ou tênis. Mantenha as serpentinas sempre limpas e livres de objetos. 

7.    Freezer e geladeiras devem ser instalados em locais ventilados longe de qualquer fonte de calor e com espaço mínimo de 15 centímetros de paredes.

8.    Nunca forre as prateleiras da geladeira com plásticos ou vidros. Isso dificulta a passagem de ar, o que força o aparelho a trabalhar mais e provoca maior consumo de energia. 

Televisão 

9.    Evite o hábito de dormir com o aparelho ligado. Desligue a TV e aparelho de DVD da tomada. Aparelhos em stand-by consomem energia. 

10. Reúna a família para assistir aos programas de TV. Essa é uma ótima maneira de poupar gastos com vários aparelhos ligados ao mesmo tempo. 

 


Veja também:


14/11/2018

» Vamos fazer vitrines bonitas para o Natal?

14/11/2018

» Sindi Estágios participa da Feira das Profissões

14/11/2018

» Black Week está chegando


Comentários: