» Blog


28/01/2019

Dicas para economizar na compra do material escolar


A compra de material escolar deste ano irá pesar mais, no bolso dos consumidores, em relação a 2018. De acordo com a Abfiae (Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos de Escolares e de Escritório), o aumento médio será de 10% - um gasto a mais para os pais que, naturalmente, já têm um início de ano com muitas despesas extras. A elevação ocorre em função dos reajustes significativos no preço do papel em 2018, que influencia o valor de produtos como cadernos, livros e agendas. Além disso, o aumento do dólar traz um alto impacto no preço dos importados - conforme a Abfiae, entre 20% e 25% dos materiais escolares vêm de fora do País. Por isso, antes de ir às compras, o ideal é pesquisar os preços para não gastar mais do que o necessário. A CDL Porto Alegre, em parceria com a Boa Vista, elaborou algumas dicas valiosas que ajudarão as famílias nas compras de volta às aulas. 
Pesquise 
Antes de ir às compras, pesquise os preços. Com este levantamento em mãos, você consegue descartar a compra daquele item mais caro em determinadas lojas, e também consegue uma melhor negociação. 

Compre com antecedência 

Não deixe para se organizar, pesquisar e comprar o material escolar nas últimas semanas, já perto do início das aulas. Planeje-se para antecipar a compra. Assim, você pode pesquisar preços e opções com mais tranquilidade e evitar lojas lotadas características nas últimas semanas de férias. 

Substitua itens 

Avalie os itens da lista e veja o que pode ser substituído por uma opção mais em conta. Além disso, se possível, questione na reunião de pais a necessidade de itens que possam ter sido exigidos, mas que parecem desnecessários ou em quantidades discrepantes. Assim, a escola pode reavaliar a exigência para os anos seguintes. 

Envolva a criança 

Converse com a criança sobre a lista. Antes de negar um item de desejo, explique a realidade do orçamento familiar e busque alternativas mais baratas ao produto desejado que atendam às necessidades e os anseios dela. 

Negocie condições 

Pechinchar pode fazer a diferença ao final da compra, por isso negocie condições de pagamento. Se for comprar à vista, veja a possibilidade de um percentual de desconto. Já se a opção for parcelar, fique atento se há juros e negocie. 
Siga a lista 

Vá às compras com a lista em mãos e evite comprar itens que não estão inclusos, como aquela canetinha especial ou caixa de lápis de cor com o número de cores superior ao solicitado. Caso não tenha um bom desconto para a compra da lista toda, deixe os materiais que não são necessários nos primeiros meses de aula e aproveite as promoções, que são comuns após o início das aulas. 

Preserve os materiais 

Converse com a criança sobre a importância de zelar pelo material durante o ano. Fale da importância de cuidar dos itens comprados para evitar desperdícios e gastos no meio do ano, comprando mais itens escolares, além de poder vender ou doar o material em bom estado para outra criança que não tem condições de comprá-los novos. Encape os cadernos e livros para que eles se mantenham conservados ao longo do ano. 

Promoções 
Aproveite as liquidações do varejo! Programe-se para comprar o material escolar no Liquida Santiago, que acontece todos os anos antes do período de volta às aulas. 
 


Veja também:


22/05/2019

»

22/05/2019

» Projeto Termômetro Municipal - Abril/2019

22/05/2019

» Senac Santiago inscreve para curso de Assistente Administrativo


Comentários: