» Blog


25/10/2017

Dicas para uma boa gestão financeira


A administração financeira é uma ferramenta fundamental para que seja possível ter o controle da vida da empresa. Essa ferramenta controla recursos e analisa toda a situação da empresa, podendo assim ter uma visão financeira de curto e longo prazo. Bem por isso, todos os conceitos e departamentos dentro de uma organização estão relacionados à administração financeira, pois é ela que presta todo suporte a empresa para que seus objetivos sejam alcançados. E seus lucros maximizados.

Tendo esta amplitude de atividades e importância no crescimento empresarial a partir de pesquisas realizadas em empresas do comércio e serviços apresentamos algumas dicas que poderão melhorar a sua gestão financeira:

Tenha profissional: Tenha pessoas com formação em administração financeira para aturar nesta área;

Tenha relatórios: Tenha bons relatórios financeiros, tais como: fluxo de caixa, orçamento de despesas e receitas, relatório do previsto e realizado, balancete de verificação, contas à pagar e à receber;

Não misture: Não misture o caixa da empresa com contas pessoais de sócios e defina pró-labore para cada sócio;

Cenário Econômico: Além do histórico, também é importante analisar o cenário econômico para o próximo ano e fazer o planejamento financeiro do mesmo. Olhe a empresa como um todo, assim como o lugar que está inserido. Estar atento as mudanças e os rumos do mercado para poder se antecipar;

Gaste menos: Gaste menos do que arrecada e conheça o ciclo econômico da empresa (compra, venda, recebimentos e pagamentos);

Bons funcionários: Contrate pessoas altamente qualificadas e competentes, são elas que farão todo o contato direto com o seu cliente, elas deverão ter os valores que a empresa acredita.

Analise informações: Analise todas as informações dos relatórios gerados e crie indicadores para o seu negócio;

Fatos e evidências: Com os indicadores criados analise-os com frequência e tome as devidas decisões baseado em fatos e evidências;

Invista bem: Invista em bons sistemas de gestão, eles com certeza lhe auxiliarão em bons relatórios e informações;

Tenha reservas: Tenha reservas para emergências e investimentos, conhecer o ponto de equilíbrio e a estrutura de custos, ter metas e buscar utilizar capital próprio;

Escritório contábil: Solicite ao escritório contábil todas as informações financeiras, seu balanço patrimonial e DRE e faça análise e projeções a partir do seu histórico do ano anterior.

 


Veja também:


14/12/2017

» Confiança dos empresários do comércio cresce 8,1% em novembro e consolida quarta alta consecutiva

14/12/2017

» Índice de endividamento das famílias gaúchas em novembro é de 68,8%

14/12/2017

» Doe seu imposto de renda e auxilie na ampliação e manutenção do Asilo


Comentários: