» Blog


21/01/2019

Economia do RS volta a crescer com o varejo e se destaca no país com a indústria


Banco Central atualizou o indicador de atividade econômica

Giane Guerra

Após uma queda em outubro, a economia do Rio Grande do Sul voltou a crescer em novembro de 2018. O avanço foi de 0,5% na série com ajuste sazonal do Banco Central, que calcula o IBCR-RS apontando a atividade econômica do Estado. Na média nacional, o avanço foi de 0,29%. O indicador é chamado até de "prévia do PIB" pelo mercado. 

A contribuição positiva veio do crescimento de 0,4% na produção da indústria gaúcha e de 1,4% no varejo, estimulado pela Black Friday. Já o setor de serviços recuou 0,2% no mês.

Ainda conforme o Banco Central, o crescimento em relação acumulado de 12 meses é de 2,1%. No país, fica em 1,44%. 

Com o avanço, o indicador atingiu 140,04 pontos. É o segundo maior patamar do ano, pouco abaixo dos 140,08 de setembro. Economista-chefe da CDL Porto Alegre, Oscar Frank pondera que ainda estamos 5,7% distantes do pico da atividade econômica da série do Banco Central, alcançado em outubro de 2013. 
— Se a atividade de dezembro de 2018 for igual à de novembro, o IBCRS crescerá 2,2% em 2018. Vale lembrar que o indicador não reflete, necessariamente, a mesma evolução do PIB. Em 2017, por exemplo, o IBC avançou 2,9%, enquanto o PIB teve alta de apenas 1% aqui no Estado — calcula Frank.
Novembro sobre novembro

Na comparação de novembro de 2018 com o mesmo mês de 2017, o avanço é de 5,5% na atividade econômica do Rio Grande do Sul. É o maior do país e bem acima da média nacional, com crescimento de apenas 1,9%. 

O crescimento do Rio Grande do Sul tem se destacado no país com o desempenho melhor na indústria. Confira: Quais indústrias estão fazendo o RS ter o melhor desempenho do país


Veja também:


22/05/2019

»

22/05/2019

» Projeto Termômetro Municipal - Abril/2019

22/05/2019

» Senac Santiago inscreve para curso de Assistente Administrativo


Comentários: