» Blog


13/07/2018

RGE Sul inicia o programa Arborização + Segura em Santiago/RS


A RGE Sul dá o pontapé inicial para o programa que embeleza e torna as cidades menos vulneráveis às interferências da vegetação urbana na qualidade do fornecimento de energia elétrica além de minimizar potenciais riscos elétricos a população. 

O programa Arborização + Segura foi lançado em Santiago nesta quinta-feira, 12 de julho, através da assinatura de um Termo de Cooperação Técnica, onde fica estabelecido o convênio entre a RGE Sul e a Prefeitura Municipal. O evento contou com a presença dos executivos da concessionária e ocorreu no gabinete do Prefeito Tiago Gorski. Neste programa, a cidade de Santiago será beneficiada com ações de revitalização da arborização urbana. 

A iniciativa visa promover maior segurança à população por meio do plantio de espécies arbóreas que convivam de forma mais harmônica com o contexto urbano e suas estruturas, como as redes de água, esgoto, telefonia, elétrica, calçamentos, iluminação pública, entre outros. 

Aquelas árvores que oferecem riscos à população, a integridades das redes elétricas, de porte incompatível com as estruturas urbanas do local, com doenças ou estrutura visíveis que comprometam sua estabilidade, ou ainda com crescimento desordenado, serão identificadas por meio de um inventário realizado em parceria com a Prefeitura. Após criteriosa avaliação e autorização junto aos órgãos competentes, as mesmas serão substituídas paulatinamente no médio e longo prazo, por novas espécies mais adequadas, tendo por benefícios, além da redução dos riscos e conflitos com essas estruturas, a melhoria na qualidade do fornecimento de energia elétrica a população e revitalização paisagística da cidade. 

“A interferência das árvores na rede elétrica principalmente em dias chuvosos representa 2/3 do tempo em que o cliente da RGE Sul fica sem energia elétrica, especialmente nos grandes centros urbanos”, comenta Maurício Antônio dos Santos Ferreira, Coordenador de Serviços de Rede da RGE Sul. Dependendo do porte da vegetação e com intempéries climáticas ocorre com frequência a incidência dessas árvores e galhos sob as redes de energia elétrica ocasionando a interrupção do fornecimento para a população. 

As compensações ambientais destas ações seguem rigorosamente o estabelecido nas legislações Estaduais e Municipais vigentes, com o plantio de mudas bem desenvolvidas, preferencialmente nativas, com DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) e altura razoáveis, de forma a proporcionar um menor impacto visual ocasionado pelas substituições, bem como a aceleração da regeneração das ruas que passarão pela revitalização dos exemplares arbóreos selecionados. 

“Por meio dessa parceria estabeleceremos uma nova cultura de prevenção de riscos e preservação ambiental de médio e longo prazo, proporcionando uma arborização planejada e de crescimento ordenado, bem como propiciaremos maior segurança e qualidade de vida à população”, afirma o Coordenador Gestão Ambiental da RGE e RGE Sul, Guilherme Pagliarini. 

Fonte: Imprensa RGE e RGE Sul


Veja também:


17/08/2018

» Vem aí a promoção mais bagual de Santiago

17/08/2018

» Abordagem de vendas na prática

17/08/2018

» Senac Santiago inscreve para curso de Vendedor de Farmácia.


Comentários: