» Blog


03/03/2021

O estrago no varejo


Entre inaugurações e fechamentos, o comércio varejista perdeu 75,2 mil pontos de venda em 2020. O Rio Grande do Sul aparece em 5º lugar neste ranking negativo, com fechamento de 4,92 mil lojas no ano passado. Foi o pior saldo desde 2016, conforme o levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O setor mais afetado foi o de vestuário, calçados e acessórios. “O estrago foi maior no varejo não essencial, como as lojas de vestuário, livrarias e no comércio automotivo”, observa o economista chefe da CNC, Fabio Bentes. E o agravamento da pandemia e restrições comerciais e industriais deve afetar as projeções econômicas para 2021.

 


Veja também:


22/06/2021

» Curso de Informática Fundamental Office e Mobile no Senac Santiago

22/06/2021

»

22/06/2021

» CES realiza doação ao Rotary


Comentários: